logo
Uzbequistão - O Património E A Magia Da Rota Da Seda | Circuito Tudo Incluído

UZBEQUISTÃO
A MAGIA DA ROTA DA SEDA

TASHKENT • KHIVA • BUKHARA • SHAJRISYABZ • SAMARCANDA

 

 

1º DIA LISBOA OU PORTO/ TASHKENT
Comparência no aeroporto 3 horas antes da partida. Assistência nas formalidades de embarque e saída, em voo regular da Turkish Airlines, via Istambul, com destino a Tashkent no Uzbequistão. Noite a bordo.

2º DIA TASHKENT
Chegada ao aeroporto de Tashkent pela manhã. Assistência na chegada, pelo nosso representante local. Transporte ao Hotel Wyndham, ou similar. Após o pequeno-almoço buffet no hotel, tempo livre para descanso. Após o almoço, em restaurante local, o nosso guia local exclusivo de língua espanhola dá início à primeira parte da visita à moderna capital do Uzbequistão, Tashkent: o Museu de Artes Aplicadas, a Praça da Independência e Eternidade, o Memorial da II Guerra Mundial, fontes e edifícios modernos, a Praça da Ópera e Ballet e a Praça de Amir Temur. Jantar em restaurante local. Alojamento no hotel.

3º DIA TASHKENT / KHIVA
Pequeno-almoço e continuação da visita a Tashkent, iniciada no segundo dia, incluindo a madraça Barak-Khan (séc. XVI) no centro da cidade antiga, na praça Khast-Imam, a madraça Kafal Shohi; na mesma praça, a biblioteca rica em manuscritos orientais que numa sala especialmente reservada se pode apreciar o famoso Corão do terceiro califa de Osmão, escrito em meados do séc. VII, mais tarde trazido desde Bagdad para o Uzbequistão e que terá sido a fonte originária do livro sagrado do islão, o Corão. Visitamos ainda a madraça Kukeldash (séc. XVI) e o mercado Chorsu, um dos maiores da Ásia Central. Almoço em restaurante local. Em hora a indicar localmente, transporte ao aeroporto. Formalidades e embarque em voo com destino a Urgench/Khiva. Após o desembarque em Urgench, transporte a Khiva (30 km) e instalação no Hotel Bek Khiva, ou similar. Jantar em restaurante local. Alojamento no hotel.

4º DIA KHIVA
Após o pequeno-almoço buffet no hotel, damos início à visita de cidade. Khiva é uma cidade de “Conto” convertida em realidade, classificada como Património da UNESCO, o seu riquíssimo património é compacto e ocupa uma pequena área no interior das muralhas conhecido por Ichan-Kala, permitindo assim que toda a visita se faça a pé de forma confortável. Destacamos: o minarete Kalta Minor, o castelo Kunya-Ark (séc. XVII) e a madraça de Mohammed Rahim Khan. Almoço em restaurante local. De tarde, continuamos a visita pela madraça e minarete Islam Khodzha (séc. XIV) – considerado símbolo de Khiva. Na cidade de Khiva a complexa mistura de edifícios civis e religiosos, com uma profusão de ocre, turquesa, azul e dourado, são um autêntico banquete para os olhos e para o espírito. Jantar em restaurante local. Alojamento no hotel.

5º DIA KHIVA / BUKHARA
Pequeno-almoço buffet no hotel e continuação das visitas, incluindo: o complexo arquitetonico Tash Hvoli (séc. XIX), o mausoléu de Pajlaván Majmud (séc. XIV a XVIII), que tem a maior cúpula de Khiva com revestimento lateral de azulejos de cor celeste e topo dourado, a mesquita Dzhumá (séc. X) e a madraça Allikulikhan. Almoço em restaurante local. Tempo livre para apreciar esta encantadora cidade. Jantar, cedo, em restaurante local. Após o jantar, transporte a Urgench onde apanhamos o voo para Bukhara. Transporte ao Hotel Devon Begi, ou similar em Bukhara. Alojamento.

6º DIA BUKHARA
Após o pequeno-almoço buffet no hotel damos início à visita da cidade de Bukhara, classificada Património da UNESCO, bem como aos monumentos da região envolvente. Bukhara é uma das cidades mais representativas da Grande Rota da Seda que a atravessava bem ao centro e que marcou até hoje a sua arquitetura urbana: o Mausoléu dos Samánidas (séc. IX a X), considerado uma das pérolas da arquitetura da Ásia Central, é o sepulcro de família de uma dinastia local que, embora coincidindo com uma época de grande divulgação do islão na região, obedece às regras arquitetónicas pré-islâmicas dos templos do fogo zoroástricos, sintetizando tendências de diversas outras culturas, na base das quais se desenvolveu o estilo arquitetónico peculiar da Ásia Central. À saída do monumento veremos a “Fonte de Job” alusiva à famosa lenda bíblica e que ilustra de forma exemplar o impacto da Grande Rota da Seda na inter-relação civilizacional; a mesquita Bolo Hauz; a fortaleza mais antiga e impressionante de Bukhara, a cidadela Ark a partir de onde se estende a cidade antiga. Almoço em restaurante local. De tarde, continuamos a visita, que contempla: o conjunto Poi-Kalan (séc. XII a XVI) ocupando o centro de Bukhara aos pés do grande minarete Kalan do ano 1127; a madraça Miri Arab; a madraça de Ulugbek (séc. XV); o conjunto Lyabi—Hauz (séc. XVI a XVII) composto por três monumentos à volta de uma praça de enorme impacto visual, a Madraça Kukeldash (1568), o Khanako e a Madraça Nadir Divanbegui (1622), sendo o centro ocupado por um enorme tanque e o quarto lado pela típica rua comercial do tempo da Rota da Seda. Durante a nossa estadia em Bukhara recomendamos a visita a um artesão local que mantem o fabrico tradicional de marionetes e que nos encanta com uma pequena demonstração de manipulação das mesmas. Jantar típico, numa casa local, com espetáculo de folclore. Alojamento no hotel.

7º DIA BUKHARA / SHAJRISYABZ / SAMARCANDA
Pequeno-almoço buffet no hotel e partida para Shajrisyabs na região natal de Amir Timur (Tamarlão). Amir Timur, o governante mais poderoso da região (séc. XIV), fixou aqui a sua residência oficial mantendo a capital em Samarcanda. Assim, todos os monumentos foram construídos por sua decisão e, mesmo que os mais imponentes tenham sido parcialmente destruídos por inimigos em épocas posteriores, o que resta do palácio AK-Saray impressiona o visitante pela sua imponência – a entrada principal do palácio fazia-se através de um arco com 70 metros, o maior da Ásia Central, e representava bem a grandeza e o poder de Tamarlão. Um moderno parque ajardinado separa hoje os restantes monumentos que visitamos e que formam o conjunto de Dorus Siadat (Lugar do Poder), mausoléu da família, ainda que o próprio fundador Amir Timur tenha decidido ser sepultado na sua cidade preferida, Samarcanda. Conhecemos ainda o complexo Dor-ut Tillovat. Almoço em restaurante local. De tarde continuamos para a Grande Samarcanda. Chegada e instalação no Hotel Emir Han, ou similar. Jantar em restaurante local. Alojamento.

8º DIA SAMARCANDA
Após o pequeno-almoço buffet no hotel, damos início à visita da mítica Samarcanda, um dos mais importantes entrepostos da Grande Rota da Seda, capital de reinos poderosos, palco de intrigas, grandezas e misérias dignas das Mil e Uma Noites, cidade Património da UNESCO pela sua história e património ímpares: a Praça Registão, a mais espetacular da Ásia Central, no centro da cidade e confluência de seis caminhos foi um importante centro de trocas comerciais. Quando observada do único lado não edificado, o impacto visual no visitante é estarrecedor. As três Madraças com fachadas de “filigrana” são de cortar a respiração: a madraça de Ulugbek (neto de Amir Timur séc. XIV), a madraça de Sher-Dor (séc. XVII) e a madraça de Tilla-Kari (séc. XVII); o mausoléu Gur-Emir, sepulcro dos Timúridas; mausoléu Rukhabad (exterior); a mesquita Bibi-Khanim (mandada construir por Tamarlão no séc. XV) e o bazar Siab. Almoço em restaurante local. De tarde, continuamos a visita com o conjunto arquitetónico Shahi-Zinda (séc. IX a XV), relacionado com Kusam ibn Abbas, primo do profeta Maomé, o museu da cidade antiga Afrosiab e o observatório Ulugbek (séc. XV) com o seu sextante gigante. Jantar em restaurante local. Alojamento no hotel.

9º DIA SAMARCANDA / ISTAMBUL / LISBOA OU PORTO
Pequeno-almoço piquenique (formato box). De madrugada transporte ao aeroporto. Formalidades de embarque e saída em voo regular Turkish Airlines, via Istambul, com destino a Lisboa ou Porto. Refeição a bordo. Chegada ao aeroporto de destino. FIM DA VIAGEM.

 

Inclui
  • Passagem aérea em classe económica em voos regulares Turkish Airlines de Lisboa ou Porto, com direito ao transporte de 1 peça de bagagem por pessoa até 30kg;
  • Voo regular Tashkent/Urgench e Urgench/Bukhara em classe económica;
  • Assistência nas formalidades de embarque, em Portugal ;
  • Assistência no aeroporto, à chegada;
  • Circuito em moderno autocarro de turismo de acordo com itinerário;
  • Acompanhamento de experiente guia de língua espanhola desde o aeroporto de chegada ao aeroporto de partida, no destino;
  • Alojamento nos hotéis indicados ou similares;
  • Todos os pequenos-almoços buffet, exceto no último dia em Samarcanda;
  • Refeições indicadas no itinerário – 14 refeições (bebidas não incluídas);
  • Visitas e entradas conforme itinerário;
  • Espetáculo de folclore em Bukhara;
  • Seguro Multiviagens – capital de €30.000*;
  • Taxas de turismo, serviço e IVA;
  • Taxas de aviação - € 320.
     
* Nota: Valores das taxas de aviação (de aeroporto, de segurança e de combustível) sujeitos a alteração sem aviso prévio de acordo com os prazos definidos na legislação em vigor.
Não inclui

 

  • Bebidas, despesas de caráter pessoal e quaisquer serviços não mencionados como incluídos;
  • Gratificações a guias, motoristas e bagageiros

 

Observações especificas

PASSAPORTE OBRIGATÓRIO

O passaporte deve ter uma validade mínima de 6 meses, à data de entrada no país 

Mapa do circuito

 


Hotéis

Hotel Wyndham

         

Hotel Bek Khiva

         

Hotel Devon Begi

 
Tashkent           Khiva           Bukhara  

 

       

 

         
                           

Hotel Emir Han

                         
Samarcanda

 

                       
                         

 



Classificação
Com confirmação imediata